quinta-feira, 26 de agosto de 2010



é tão bom adormecer sem que me invadas os sonhos. é tão bom não deitar mais lágrimas por ti. recortar-te da minha vida. arrancar-te do meu coração. expulsar-te (ao pontapé) do meu pensamento. é bom sentir que estou finalmente a ficar livre desse sentimento que só me tem feito ver o lado mau da vida, me afastando das coisas boas. foi devido a ti que percebi que nada dura para sempre, ou pelos ainda não encontrei quem cumprisse tal promessa. mas quem sabe um dia (...)

patrícia

6 comentários:

Hapi disse...

Gosto do blog,
vou seguir.

Hapi disse...

Obrigada :)

Catarina Silvestre disse...

adorei o blog e os textos *.*
está perfeito !

PauloMitchell disse...

Gostei ;3

Tiago MM. disse...

é a primeira vez que venho aqui mas gostei muito dos textos e de tudo. vou seguir :)

heidy disse...

obrigada a todos *.*
é muito importante todos esses elogios!

Enviar um comentário