sábado, 28 de agosto de 2010



espero por ti, todos os dias, todas as horas, todos os minutos, todos os segundos e porquê? porque acho que podes ser o homem da minha vida. e espero por ti porque sei esperar, porque nos genes ou na aprendizagem da sabedoria mais íntima e preciosa, há uma voz firme e incessante que me pede para esperar por ti, que me diz que vais ser único e apaixonante. e eu gosto de ouvir essa voz a embalar-me de noite antes de, tantas e tantas vezes, acabar por ter um pesadelo com o fantasma que ainda me persegue, quero poder acordar a acalentar-me de manhã, quando um novo dia chega e me faz pensar o quão longa e inglória pode ser a minha espera. eu sei que vais aparecer, vais tornar-me melhor, vais ser o que sempre procurei. ajuda-me a mandar embora este fantasma incansável que me tortura. que me desgasta de ódio. mas eu espero por ti. mas peço-te não demores (...) mas vai devagar.

Margarida Rebelo Pinto
; mas muito recheado/adaptado por patrícia

7 comentários:

heidy disse...

a margarida ajuda-me a encontrar o meu bichinho, as palavras dela fazem-me criar muito depois. ela é que me dá o empurrãozinho para eu me expressar com as palavras delas juntando também as minhas, :))

Vera Marques disse...

gostei bastante do teu blog também (':
e nós as duas temos algo em comum: a inspiração que vamos buscar à Margarida.
das maiores inspirações que tenho +.+

- Gabrielaa L. disse...

Ainda bem que assim é pois os texto saiem sempre muito mais bonitos e sinceros :) Beijinho.

vera disse...

só tenho a dizer: não desistas.

heidy disse...

obrigada (:

- Gabrielaa L. disse...

A serio? :o

~ @ Ap ♥ disse...

Ai não o quê? :o

Enviar um comentário